sexta-feira, 6 de junho de 2008

Um amigo na hora certa

Eu não sou muito dada a estas lamechices, ou pelo menos faço o que posso para não ser lamechas, mas a verdade é que hoje to assim……..
Saí do emprego com uma telha sem explicação, ou pelo menos eu quero acreditar que foi apenas uma mudança de humor derivada, talvez, pelo ultimo post que escrevi, mas, seja o motivo qual for, a verdade é que terminei a minha tarde assim para o, digamos, em baixo.
Tinha marcado um café para o fim do dia e desmarquei com uma desculpa esfarrapada, tudo o que queria era ir direitinha para casa, e la ficar fechada como que numa concha. A caminho de casa ia a pensar que na verdade não era nada disto que eu queria, o que precisava realmente era de alguém que me conhecesse o suficiente para perceber que quando digo “ hoje não sou boa companhia” o que quero dizer, “hoje estou em dia não, preciso de colinho”, mas claro esta é uma coisa que não digo.
E la segui eu o caminho para casa, musica a bombar, sim porque quando estou assim a musica no carro aos berros tem um efeito terapêutico, e claro o tlm tocou e eu não dei por nada, quando cheguei a casa vi que tinha uma chamada não atendida, mandei sms a dizer que não tinha dado pela chamada mas que já podia atender, recebi a chamada de volta, era de um grande amigo, com quem falo com alguma regularidade mas que não via sei la a quanto tempo, era para me dar um oi e perguntar se queria jantar, claro que sair não estava nos meus planos por isso disse “ acabei de chegar a casa, vou a agora começar o jantar, se queres vem ca jantar” ao que ele disse, Ok estou ai as 20.
Bem, pensei eu, é da maneira que não tenho tempo para pensar na minha telha.
Mas a verdade é que foi só ele chegar e…puft.--.passou, era isto mesmo que eu estava a precisar.
Tal como te disse antes de saíres, parece que me leste os pensamentos, e tal como te prometi, este post é inteiramente dedicado a ti, OBRIGADA, eras tudo que estava a precisar, um amigo que me ouve e entende sem eu ter que falar muito.
Um beijo muito, muito grande
As minhas desculpas pela lamechice, mas também tenho dias assim.......

3 comentários:

Ricardo Lemos disse...

É muito grato para mim ter uma amiga como tu, és espectacular. Podes sempre contar comigo, e eu sei que posso sempre contar contigo. Adoro-te para sempre!!!

Pedro disse...

Ainda bem que correu bem!
É necessário saber dizer claramente que queremos colinho!
Mas é muito bom quando não é preciso dizer nada e tudo se tem.
Ando na fase de, por vezes, não dizer, o que tem pouco a ver comigo…

Minhoca disse...

Pedro:

Sim correu, e mesmo sabendo q o meu amigo esta la sempre, nem a ele pedi colinho.
posso pedir colinho muitas vezes pq estpou em dia q quero mimo, mas qnd realmento preciso n peço, ai espero sempre q por um milagre alguem adivinhe