terça-feira, 28 de outubro de 2008

Relações à distância?

Como já aqui falei anteriormente tenho uma filha adolescente que, durante as ferias, conheceu um mocinho e se apaixonou, ate aqui tudo normal, o dito vive no Porto e nos em Lisboa, ou seja, 300 e tal km nos separam, por motivos que podem ler aqui, a distância entre Lisboa e Porto era positiva, no meu ponto de vista, a meu ver seria esta distância que acabaria por acalmar a paixão e aos poucos isto passava-lhes, achava eu, mas passados 3 meses parece que nada mudou, até pelo contrário, e deparo-me agora com a complicada situação de não saber o que fazer dado que a minha filha me pediu para irmos ao Porto só passar o dia para eles se verem e terem a certeza do que ainda sentem um pelo outro, sim que isto de ir ao Porto é um pulinho, é que é já ali ao virar da esquina.
O difícil é: pondo-me no lugar dela era o que eu desejaria, por isso a entendo. Por4 outro lado, eu sou a mãe e como mãe a vontade que tenho é dizer: “ – Tu és mas é maluquinha, se achas que vou ao Porto só para o veres!”.
Foi uma decisão difícil mas está tomada, vamos ao Porto. Afinal, eu até mal conheço o Porto, é o chamado 2 em 1, os miúdos vêem-se e eu conheço a cidade.
Mas um dos motivos que me fez tomar esta decisão foi o facto de todo este tempo que eles apenas se falaram por telemóvel os Messenger, não ter apagado ou atenuado o que entre eles se passou apenas durante uma semana.
Sempre achei que relações à distância são impossíveis, e no entanto, os miúdos têm me mostrado que tal não é bem assim, que para compensar a falta de estarem juntos fisicamente acabam por se manter mais unidos através de mensagens pois passam o dia a falar um com o outro coisa que não aconteceria se vivessem perto.
Eles são novos e esta será uma de muitas paixões que ainda terão na vida mas a verdade é que acabou por abalar as minhas certezas. Será possível uma relação à distância?
Continuo com muitas dúvidas de que tal resulte mas já não consigo dizer com a mesma convicção que tal é impossível.

47 comentários:

apenas um gajo... disse...

Não acredito em relações à distância, nem mesmo nas virtuais, nada substitui o toque, o olhar, o sentir da proximidade. Que sepode fazer quando se necessita mesmo com toda a força que o outro esteja ali? e falemos do corpo, o nosso corpo precisa do corpo do outro, por isto tudo não acredito...

Beijinhos

Fênix disse...

Tudo é possivel nesta vida, não tenho ideia formada sobre isso mas tudo é possivel....


Beijinho



Fênix

korrosiva disse...

Seja como for, e dure o tempo que durar... O Amor é lindo!! :)

beijinhoss ;)

DANTE disse...

Tu sabes , que a tua filha acha que tu és a melhor mãe do mundo né?
Acho que tomaste a tua decisão e isso é que importa :)
Quanto ás relações á distância , hoje em dia , tendo em conta a rotina dos casais , não é o que mais se faz?

Boa viagem e bom passeio
Joka minhoca :)

Miguel disse...

Eu já vivi uma relação à distância e é perfeitamente possível :)

Tem é de haver sacrifícios de ambas as partes.. e sorte tem a tua filha em ter uma mãe que se preocupa assim com ela :)

Felicidades para ela :)

Bombocaa disse...

Bem isso pegou de uma maneira...o que nós achavamos q ia acabar de 1 dia pr o outro...conhecendo outras pessoas...afinal n se desenvolveu nesse sentido...

Olha eu se tivesse no teu lugar...tb n saberia mt bem cm agir...até pq é 1 situação complicada onde o papel de mãe e amiga se baralha bastante....no entento acho q fazem bem em ir...

kissinhos

Papinha disse...

POis é, a distância nem sempre afasta, ainda para mais jovens que se conhecem d epouco tempo...ainda sentem a falta de tanto por descobrir...que ainda ficam mais empenhados..
Como mãe, é difícil...mas no fundo acho que fizeste bem. ( não sei se o faria) Parabéns pela mãe que és!!!

Beijinho
P@pinh@

cheiodetesao disse...

Se vais ao Porto, vais gostar, palavra de alentejano.

E não deixes de ir à Livraria Lello e Irmão, penso que os livros te dizem alguma coisa e, se assim for, vais adorar.

Beijinhos.

Minhoca disse...

Apenas um gajo:

Concordo que o toque faz falta, não ha como um corpo sentir o outro, concordo com isso, mas será que não é possivel ter isso mas mais espaçadamente??
Na verdade eu achava uma coisa impossivel, mas já não estou tao certa disso. Quando tiver uma certeza logo digo :)

Beijinhos

Minhoca disse...

Fênix:

Sim gosto de acreditar que tudo é possivel, mesmo eu não sendo muito crente :)

Beijokinha

Minhoca disse...

Korrosiva:

Sim não podia estar mais de acordo, o amor é lindo e sabe bem duro mt ou pouco o que importa e o quanto nos faz bem enquanto dura :)

Jokas

Minhoca disse...

Dante:

Muito obrigada, e sim gosto de acreditar que a minha filha adora a mãe que tem, mesmo quando a mãe tem que dizer q não.

ser mãe não é facil, mas acho que ate não me tenho saido mal.

Quanto as relações a distancia...pois não sei tenho mts duvidas, mas já não digo q seja impossivel, acho q principalmente é preciso haver mt confiança, mas q sei eu disso?

Bjs

Minhoca disse...

Miguel:

Bem entao vou acreditar em alguem que ja passou por isso :)

Pois embora seja mãe sei bem o q lhe vai na cabecinha e entendo, por isso não posso apenas dizer q não so pq seria mais facil. Tenho uma boa relação com ela, falamos de tudo e as vezes tenho q ser eu a ceder e a ver as coisas pelo lado dela, pois é assim que a eduquei e é acom esta relação onde se fala de tudo e que sabe que pode sempre contar comigo que quero continuar.

A minha minhoquinha é tudo para mim por isso mesmo não esquecendo as preocupações de mãe galinha q sou, tb não ha porque a contrariar neste caso.

Beijinho

Minhoca disse...

Bombocaa:

Podes crer, e bem sabes como preferia q a nossa previsão tivesse certa e isto ja ter acabado, mas parece q erramos :)

Sabes bem como é dificil para mim tomar qualquer decisão neste caso, mas esta tomada, e pronto ja n volto atras :)

Bjs

Minhoca disse...

Papinha:

Muito muito obrigada, os parabens dados por outra mãe, q sabe como é dificil o papel de mãe, é muito gratificante.

Levei bastante tempo a decidir, mas acabei por achar que esta seria a decisao mais acertada, e desta forma eles estando novamente um em frente ao outro é q veremos se afinal ainda ha alguma coisa q os ligue ou não, bem com a garantia q os meu fds não serão daqui p a frente a caminho do Porto :), bem se arranjar um namorado por lá pode ser que eles tenham sorte :):):)

Beijokinhas

Minhoca disse...

Cheiodetesão:

Primeiro que tudo, então mt bem vindo, não tens aparecido mt e ja tinha dado pela tua falta:)

Quanto ao Porto, é verdade parece q vou msm:) e tb ja ouvi dizer q vou gostar embora n esteja assim tao certa :)

E sim adoro livros, por isso vou seguir o teu conselho e vou espreitar a livraria.

Beijinho

Vício disse...

quando voltarem do porto possivelmente vais ouvir dela que nunca mais o quer ver nem ouvir...

Anjo De Cor disse...

pois é amiga, eu acredito porque namorei tal e qual a tua filha; um no porto e outro em Lisboa dois anos e tal, depois casamos e tudo correu normalmente ... creio que quando as pessoas gostam nem as distância as separa ;)
Um Grande Beijinho para a tua filha porque deve ser uma miuda forte ;) e um Grande Beijinho para a mãe porque tives.te uma atitude bonita ;)por mais que nos custe não conseguimos mudar o destino as coisas ...

mf disse...

Eu já vivi uma relação à distância e posso-te dizer que foi a melhor que tive até hoje... Claro que não tenho a idade da tua filha. Mas é como dizes: a pessoa passa o dia a comunicar para mitigar a falta de presença física e os sentimentos acabam por sair reforçados...
:)

pedropina disse...

se keres a minha opiniao, na pratica e com conhecimento de causa: nao funcionam!

ZaniNE disse...

Claro que resultam, e às vezes até melhor! Porque embora custe sempre na hora da partida, o momento da chegada sabe tão bem! É como fazer as pazes...

Quanto à viagem, se puderes visita a zona do Coliseu, Rua Santa Catarina, a Ribeira, e faz essa variante até ao Forte, passas por Miragaia, etc.

Boa viagem. Beijoquinhas.

_aTucse_ disse...

eu não acreditava nas relações à distância.

até que...
uma "afilhada" que tenho de miranda do douro, conheceu o meu "afilhado" da marinha grande.

o relacionamento é estável e dura à 2 anos ;)
no entanto a distância até acho que é maior, porque a facilidade de transportes que existe entre porto-lisboa, nao é mesma que miranda-marinha... ;)

Beijinho*

Minhoca disse...

Vicio:

Esse é um dos motivos porque esles se querem ver, para saber se afinal não querem mais se ver

Minhoca disse...

Anjo de cor:

Bem depois disto definitivamente ja não tenho certuza nenhuma, e afinal parece q nem a distancia pode ser um impeditivo para o amor, é bom saber :)

E bem ir ao porto é uma coisa que ate nem me vai custar assim tanto, afinal se podemos ter um dia diferente e ao mesmo tempo isso vai dar deixar a minha filha tao feliz porque não?

Obrigada pelo comentario, fez-me bem ver essa prespectiva

Beijokinhas

Minhoca disse...

mf:

Acho que a distancia acaba mesmo por aproximar ainda mais as pessoas, e eu que não acreditava nestas coisas, parece q tenho que rever muitas das minhas certezas :)

Bjs

Minhoca disse...

Pedropina:

Essa era também a minha certeza até bem pouco tempo atras, agora preferiro acreditar que é dificil mas possivel :)

Bj

Minhoca disse...

Zadine:

Obrigada pelas dicas, como marcamos a ida lá para o final do mês porque ele tem exames e ela testes, acho que até lá ir vou ter o roteiro completo do que conhecer :)

Bjs

Minhoca disse...

Atucse:

Realmente visto assim... daqui ao Porto são só umas 3 horinhas sempre de auto-estrada, começo a acreditar que afinal uma relação à distancia não é impossivel como eu tinha tanta certeza que era.

Bem vinda aqui ao meu cantinho

Um beijinho

O meu vício oculto disse...

Uma coisa tens razão, não vai durar para sp, é uma paixão de adolescente e a razão pela qual a tua filha se interessa por um rapaz mais velho, não é a idade fisica, mas sim a mental! os rapazes de 14 anos são miudos autenticos e tu já tens uma mulher em casa.

A minha 1ª paixão tinha mais 5 anos, igual...durou um verão, mas nunca mais me esqueçi do meu 1º beijo!Foi muito marcante e esta fase marca-nos a vida futura!

É uma idade dificil para ela e p ti, mas mais vale "cair e levantar-se sozinha" que estares sp a ampara-la...

O Porto é lindo...adoro passear por lá...e mais vale te pedir p ires c ela, do q fugir porta fora!

Um desabafo, um Bisou

Miss Kitty disse...

Se pensarmos de outra forma percebemos o porquê de as relações à distância resultarem muitas vezes melhor que as outras.

Como estamos longe sentimos saudades que faz acender ainda mais a paixão.

Não temos tempo para conhecer os defeitos do outro e por isso achamos que ele o tal, o perfeito.

Quando estamos com a outra pessoa é só amor e nada de discussões.

Não nos zangamos por causa do futebol, da roupa que ele deixa espalhada, de não querer ver o filme que nós gostamos no cinema, etc e tal...

É só amor ;)

BJS*

Miss Kitty disse...

Ah.. Quanto ao Porto.. é uma nação!!! lol

Pedro Barata disse...

Acho difícil as relações à distância resultarem, mas não há impossíveis...

Beijocas minhoca

Pedro Barata disse...

Ah e parabéns pela decisão! ;) Decidiste bem, a meu ver.

cheiodetesao disse...

Minhoca, verás que a Livraria de que te falei é bem mais que uma livraria...

Beijinhos.

Anónimo disse...

É a 1ª vez que aqui passo e gostei! =)

Epá, a diferença de idades é grande... apesar de a tua filha ter 14 e de certeza ter 1 mentalidade crescida, acho realmente estranho 1 jovem de 19 anos se interessar por ela... sem ofensa! Pq alguém com 14 e não miúdas da idade dele...? Não tenho mente fechada, mas acho que a diferença é considerável na faixa etária de ambos...

Mas fizeste bem em ceder ao pedido dela, pelo menos tens a possibilidade de o veres tb!

Bom fim-de-semana.
Marta

Anónimo disse...

Olá, Minhoca!Vim aqui ter através de 1 blogue comum. Li alguns posts e gostei!

Quanto a esta situação, se me permites. Tenho 20 anos e tenho 1 amigo da minha idade que também gosta de meninas da idade da tua filha. Deixa-me que te diga que é gozado por muitos... isto pq admite abertamente que elas são muito + fáceis de moldar e impressionar do que nós nos 20's. A partir do momento em que acham que 1 rapaz + velho(!) está interessado nelas ficam totalmente "histéricas" e tudo o que ele diz é lei. Ora se ele é + velho e experiente e se está apaixonado por elas, logo ele é o maior. O facto de elas acharem que ele as prefere às raparigas da faixa etária dele, só faz com que elas façam qq coisa para que ele não se vire para as dos 20's...

Pessoalmente, acho triste... Ele(s) usam-nas muitas vezes só pra se sentirem don juans e acabam com a auto-estima das miúdas, ou pior, elas acabam por fazer certas coisas só para lhes mostrar que não são crianças.

Não tenho qq problema com diferenças de idade, o amor e idade nada têm a ver. No entanto, na fase em que a tua filha se encontra, é 1 bocadinho complicado. Será que as raparigas da idade do rapaz não lhe ligam nenhuma por algum motivo e ele vira-se para onde acha que é + simples...? Não me leves a mal, mas para além do meu amigo, conheço muitos rapazes assim. E olha que o que não falta são sms, msn, fotos e muita falinha mansa... Não descures, é a minha opinião.

**
Beatriz

Minhoca disse...

O meu vicio oculto:

Sim também prefiro que ela me peça para ir com ela, e me conte as coisas para saber a minha opinião do que me esconder e so fazer asneiras.

Sei que não vou estar asempre lá para amparar na queda e ela tem mesmo que aprender sozinha, é isso que eu tento que ela perceba e é assim que temos tentado sempre as coisas, mas eu tb na idade dela tive uma situação assim com esta diferença de idade e foi uma boa experiencia, por isso desde que continue com a cabecinha no sitio como sempre teve, não ha porque não deixar a miuda ir lá dar uma beijoka ao rapaz :)

Bem eu depois direi o que acheio do Porto :)

Bjs

Minhoca disse...

Miss Kitty:

Deve ser esse o segredo, o pouco tempo que se tem para estar juntos é so amor:)

Bem visto :)

BJ

Minhoca disse...

Pedro Barata:

Sim depois de muito pensar também achei que ir ao Porto não era uma coisa assim tao complicada:)

Quanto as relações a distancia...pois ja n sei reponder :)

Minhoca disse...

Cheiodetesão:

Bem já esta registado, depois te direi o que achei:)

Bj

Minhoca disse...

Marta:

Então muito bem vinda!!

Sim, a diferença de idades foi o que mais me incomodou, como podes ler no q escrevi anteriormente, tb acho q nesta idade a diferença tem um grande peso, ja tentei perceber o que o levou a interessar pela miuda e apenas percebi q ele n a achou com essa idade, realmente ela parece mais velha e a mentalidade é bem mais do q de 14 anos, mas que me assusta não posso dizer q não assusta porque a verdade é q quando soube entrei em panico.

Mas a verdade é que não vou poder fecchar a miuda em casa com medo do q pode acontecer, este é controlavel pq mora longe e para se verem têm q estar sempre de baixo da minha asa (q chato q deve ser, :) azar ), mas isto pode acontecer mesmo ali de baixo da minha porta e eu ai nada posso fazer, por isso ainda bem que ela me conta as coisas e falamos sobre tudo, e claro que eu ja disse o que penso do assunto, e bem acho que nada mais posso fazer que isto.... veremos os q o futuro nos reserva.

E não levei nada a mal, e obrigada pela opinião.

Bjs

Minhoca disse...

Beatriz:

Antes de mais muito bem vinda e espero que voltes :)

Quanto ao que dizes, pois esse foi o meu primeiro pensamento "mas q raio e q um gajo desta idade quer com a minha filha??"
Disse a ela o q pensava, e claro q não foi nada de bom o q me passou pela cabeça, e mais tarde disse a ele, mas o tempo passou e eu fui conhecendo o rapaz, e bem, a minha opinião não mudou mt, apenas não acho o rapaz assim ato mau rapaz como achava no inicio.

Mas a verdade é esta, comigo por perto n ha mt q ele possa fazer, sim q amim não me da a volta com tanta facilidade, e conto tb que a minha filha seja suficientemente crescida para saber o que esta a fazer, caso contrario eu estarei mt perto p não deixar ela se perder:)

Agradeço o teu comentario, e bom porque assim ela q ca vem fica a saber q não é só a mãe q pensa estas coisas.

Espero que voltes a vir aqui ao meu cantinho:)

Beijinho

FábioLopes disse...

Sinceramente nao acredito em relacoes à distancia, e muito no menos nas relacoes virtuais, alias, eu ja passei passei por essa fase, passava horas ao telemovel e enfiado no msn, a falar com essa pessoa predilecta, mas tudo nao passou por um processo evolutivo, hoje olho pra esses tempos e riu-me bastante por ja ter passado por essa fase, e pelas coisas que fazia nessa altura.
A sua filha tem sorte na mae ^^,

Miguel disse...

No Amor não há distâncias. Na paixão, na atracção ou no gostar há. Nessas idades não é de Amor que se fala mas de atracção, pelo menos nesta fase.

É realmente uma situação delicada para um pai/mãe.

Estou curioso em ver o desenrolar dessa história.

É uma coisa que me preocupa e que falo com a minha filha. Aos 19 o que se quer é sexo...

Minhoca disse...

Miguel:

Pois no amor pode n haver distancias, n posso dizer pq nunca passei por essa experiencia, mas neste caso, e nesta idade, a coisa n é amor nem eles sabem o q e, logo a distancia é um problema, ou antes acabou por se.

Para mim como mãe foi complicado, mais pela idade dele, pq na minha idade ja n faz diferença na deles faz toda a diferença, e tal como eu previa a distancia acabou por os afastar a coisa esfriou e cada um segui a sua vida

Ainda se falam mas sejja la o q houve entre els acabou com o tempo e a distancia :)

Pedro disse...

Nas idades jovens as relações à distância não são duráveis, mas a decisão está correcta, pois terá que ser ela a perceber que não dá. E é óptimo que ela fale, peça e partilhe o que pensa e sente. Onde é que eu já vi este filme?:)
E hoje como é que as coisas estão?
Nas idades adultas já acredito que a distãncia não seja problema

Minhoca disse...

Pedro:

Como era de prever cada um foi para seu lado, mas ainda agora mantem o contacto, o q é bonto q ha mt adulto q n consegue manter