quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Os homens e o cabeleireiro.

Aproveitando o facto de ter um casamento e de ter que ir ao cabeleireiro, toca de mudar por completo o visual, ora isto é coisa para levar umas horas dado que implicou arranjar mãos, pés, cortar cabelo, mudar a cor e fazer madeixas, coisa que se leva mais de meia hora parece ser incompreendido para a maioria dos homens, mas como não tinha nada marcado também não estava nada ralada com o tempo que ia passar no cabeleireiro.
A meio da tarde, e convêm dizer que estava no cabeleireiro por volta das 15 e que o meio da tarde foi por volta das 18, me liga um amigo a perguntar se eu queria ir jantar a qualquer lado para vermos o jogo, ao que eu respondi “claro que sim, mas eu ainda estou na cabeleireiro, passa aqui por volta das 20 para me vires buscar.”

Uma hora depois volta a ligar a perguntar se eu marquei mesa no restaurante, e, como eu ainda estava no cabeleireiro (mas sim já tinha marcado mesa pois é coisa simples de fazer já que era só telefonar) ouço o seguinte comentário” Bem mas que estas tu a fazer? Alguma operação plástica? Estavas assim em tão maus estado para teres que levar tanto tempo?” Este tipo de comentário é mesmo coisa de gajo, e nem valia a pena eu responder.

Estava lá no cabeleireiro uma senhora a fazer os mesmo que eu, ou seja, tal como eu passou lá a tarde, estava já a senhora a pagar e faz o seguinte comentário “Vou chegar a casa e a pergunta do João vai ser: Quanto é que isso custou?” Como se essa fosse a única coisa importante, não o resultado de tantas horas no cabeleireiro mas o valor da coisa.

Pois que eu saio do cabeleireiro já em cima da hora de estar pronta para sair de casa, entro em casa, mudo de roupa a correr e volto a sair pois já tinha a minha boleia à espera, entro no carro e a primeira coisa que ouço é “Tanto tempo no cabeleireiro!! Quanto é que isso custou?”
Claro que me desatei a rir e respondi “ Bem acabei de ouvir uma senhora dizer que essa seria a 1ª pergunta do marido, e ca tas tu a mostrar que ela tinha razão, mas só isso é que vos importa?”

Bem em sua defesa ele disse “ Sabes o que é, eu pago entre 8 e 10 € por cortar o cabelo, e isto é uma coisa que leva a volta de meia hora, se tanto, por isso tenho curiosidade em saber quanto te custou essas horas todas no cabeleireiro. Mas esta giro, gosto mais de te ver de cabelo comprido mas ficou bem o cabelo assim.”

Enfim, não foi o melhor dos elogios, mas pelo menos fez um comentário em relação ao cabelo, já que ao que parece o valor de tudo aquilo é que é o importante para o sexo masculino.

14 comentários:

Bombocaa disse...

ah...mas ele fez elogio pq n é marido
ahahahah

Uia...essas tardes infindaveis...o giro é q eu costumo perguntar-me mentalmanete...qt é q esta merda me vai custar desta x?!
ehehehe

Minhoca disse...

Bomboca:

Pois deve ser mesmo pq não é marido LOL

Para ser franca tb pensei o mesmo, mas porra era eu que ia pagar não ele.

Mas é dinheiro sempre bem empregue, pq sabe tao bemmmmmm, e estou tao diferente que nem imaginas :)

Jinhos

Bombocaa disse...

ai tnho que ver isso...manda foto, mandaaaaaaaa eu n ponho no album da bombocaa...prometo
ehehehe

Minhoca disse...

Bomboca:
Bem como sou uma minhoca bem mandada (ate nem sou mas faz de conta), lá vai a dita.

Bjs

DESIRE disse...

E não era marido!!!
Ai os homens ;)))
Beijos prometidos

Minhoca disse...

Desire:

Pois mesmo não sendo marido, se a perguntra era para se oferecer para pagar ainda va q n va, agora so p saber ?!?!

Podes crer, ai estes homens, so se limpou pq depois disse bem do meu novo visual :)

Jokinhas

Renato Oliveira disse...

Minhoca,

E não foi ele que pagou! Pagou pelo menos o jantar?

As mulheres quando se preparam e ficam lindas, os homens só têm que as gabar, mesmo perdendo uma tarde para se produzirem!

Beijinho,

Renato

Minhoca disse...

Renato:

Não pagou, mas tb n era um jantar romantico, foi um jantar de amigos com filhos e tudo, por isso foi a conta dividida :)

A produção tb n foi para ele, mas ele ate disse bem, tb n espera outra coisa ou teria reclamado ;)

Mas teve uma certa piada ele ter feito a pergunta logo depois de eu ouvir alguem dizer q essa seria a 1ª pergunta do marido, o que me levou a pensar se essa seria a primeira coisa a vir a cabeça de um homem.

Beijos

Salto-Alto disse...

Bem, pelo menos comentou o resultado final! :) Pior mesmo é quando nem notam e a mudança até é bem visível! ;p

Beijocas!!!!

Minhoca disse...

Salto-alto:
Ai dele que fizesse um comentário, bem que tinha que me ouvir LOL.

Ainda bem que estas de volta estava com medo que o "tacão" partido te mentivesse afastada por muito tempo.

Jokinhas

Afrodite disse...

E eu que tinha o casamento às 15h, entrei às 11h e só me despachei às 15h e tal...e sai quase igual ahahahahha. Pelo menos safei-me da igreja :).

Abreijos...mulher sofre!

Minhoca disse...

Afrodite:

Pois é o problema do cabeleireiro é que nunca se sabe quanto tempo se demora, LOL, e não acredito que n se notava nada....Bem eu não escapei à igreja :( não tive essa sorte.

Beijokinhas

Pedro disse...

Acho que desisto! Não posso comentar.... Seria como pregar a fé cristã na Arábia Saudita, ou defender o Islamismo em Roma! Vou fugir devagarinho...sem perguntar preço:)

Minhoca disse...

Pedro:

E eu a pensar q ias fazer um comentario a contrariar esta afirmação eheheheh

E para comentar n era preciso pergungar o preço que n era preciso pagares :)