domingo, 20 de julho de 2008

A vida de uma gaja pobre


Hoje o dia acordou meio enublado, o que me levou a desistir de uma ida a apanhar um sol para manter esta linda cor.
Domingo é o dia que me dedico a não fazer nada, acontece que a minha casa tinha porcaria até dizer chega, na verdade já me sentia atolada em pó, lá me dediquei á triste sina de uma gaja pobre, ou seja, limpar a casa.
Eu bem tento pensar na parte positiva, que é, eu sei que é difícil de ver alguma, mas tem, a minha casa esta um brilho, e suei como se tivesse passado a tarde no ginásio, por isso tem um lado bom, embora preferisse deixar esta parte para uma empregada e ter suado antes no ginásio, mas, fazer o que???

3 comentários:

Anónimo disse...

Todos os fins de semana, na hora da limpeza, penso o mesmo, arre será que nunca mais sou rica???????

Pedro disse...

Pois, não é fácil. Mas tem vantagens, e já as experimentaste: agenda isso para as noites de insónia.
Uma solução: convida uns sapos a partilharem essa tarefa:)
Uma sugestão: existem actividades mais interessantes de suar que limpar a casa ou ir ao ginásio:)

Minhoca disse...

Pedro:

Eu ate aceitava a sugestão, so q tal nem sempre é possivel, para grande pena minha :)

E a casa precisa de ser limpa na mesma, e um ano depois ainda n sou rica :)